Faixa Atual

Título

Artista


Antônio Prado recebe monumento em homenagem à Giuseppe Garibaldi

Escrito por em fevereiro 7, 2020

Inauguração do espaço ocorre no dia de aniversário da cidade, 11 de fevereiro

Aproveitando o momento em que a Praça Garibaldi estava em obras, foi feito um monumento que irá registrar a memória e identidade do personagem que dá nome ao local: Giuseppe Garibaldi.

O idealizador do Projeto Memória, Fernando Roveda, diz que trabalhou na ideia de criação do monumento há 2 anos. Falou ainda que muitos pradenses e visitantes não sabem a origem do nome da praça do nosso município, por isso é necessário trazer algo que possa identificar este local, presente no município desde sua criação.

Giuseppe Garibaldi é conhecido como “Herói dos dois Mundos”, por ter participado de lutas na unificação do Rio Grande do Sul e, após passagem pelo Uruguai, auxiliou na unificação do território Italiano. Ainda segundo Fernando Roveda, Garibaldi era um marinheiro, com profundos conhecimentos em navegação.

A estátua de Garibaldi foi construída em Vicenza, na Itália, pelo escultor Enrico Pasquale. O bloco de pedra para a confecção da estátua pesava inicialmente cerca de 3 toneladas e após esculpida, 1300Kg. Os trabalhos de construção começaram no mês de abril de 2019. A obra tem 4,20 metros de altura.

Sobre a escolha do local para a colocação da estátua, Fernando diz que tudo foi pensado para que as pessoas, ao tirarem fotos, possam ter a principal casa tombada de Antônio Prado, a Casa da Néni, de fundo na imagem.

Annita Garibaldi Jallet, bisneta de Giuseppe Garibaldi, estará presente na inauguração. O convite foi feito pessoalmente por Fernando Roveda juntamente com o prefeito Juarez Santinon, em comitiva à Roma.

Annita tem 78 anos, é a terceira geração de descendentes de Giuseppe e Anita Garibaldi

Próximo ao monumento serão plantadas mudas de videiras, uma lembrança do Padre Alessandro Pellegrini, que também plantou videiras na Praça Garibaldi nos seus primeiros tempos. Essas mudas de videiras virão da cidade de Cavaion Veronese, local de origem do Padre Alessandro. Além das videiras, serão plantadas mudas de oliveiras, cultura típica da cidade de Cavaion Veronese.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.

Foto: Turismo Antônio Prado.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *