Faixa Atual

Título

Artista


Antônio Prado: Começa neste final de semana a aplicação do BTI contra o borrachudo

Escrito por em novembro 20, 2020

Representantes das capelas receberam o produto durante a semana para o início da aplicação

Inicia nesta sexta-feira (20), a aplicação do BTI contra o mosquito borrachudo em Antônio Prado. Conforme Eduardo Betoni, representante da Vigilância Ambiental no município, que fez a divulgação das informações em entrevista à Rádio Solaris nesta sexta, a aplicação pode ocorrer durante o final de semana.

As comunidades já receberam o produto. Eduardo destaca que, na reunião realizada com os representantes das capelas, cerca de 1/3 não compareceram, totalizando 10 capelas.

O mosquito borrachudo ainda não tem sua incidência em algumas localidades. De acordo com Betoni, a estiagem e, por consequência, a diminuição dos níveis de água nos rios e sangas, diminui a incidência, mas mesmo assim, é necessário aplicar o BTI.

A aplicação é realizada em todas as comunidades de forma conjunta. Ao todo, serão cinco aplicações a cada 15 dias. São destinados 10 ml para cada 50 metros nos rios ou sangas. Eduardo destaca que o acúmulo de matéria orgânica nos locais de aplicação pode favorecer o desenvolvimento do mosquito.

A fêmea pode colocar de 500 a 600 ovos. O mosquito vive cerca de 15 dias.

Confira a entrevista completa

Inicia nesta sexta-feira (20), a aplicação do BTI contra o mosquito borrachudo em Antônio Prado. Conforme Eduardo Betoni, representante da Vigilância Ambiental no município, que fez a divulgação das informações em entrevista à Rádio Solaris nesta sexta, a aplicação pode ocorrer durante o final de semana.

As comunidades já receberam o produto. Eduardo destaca que, na reunião realizada com os representantes das capelas, cerca de 1/3 não compareceram, totalizando 10 capelas.

O mosquito borrachudo ainda não tem sua incidência em algumas localidades. De acordo com Betoni, a estiagem e, por consequência, a diminuição dos níveis de água nos rios e sangas, diminui a incidência, mas mesmo assim, é necessário aplicar o BTI.

A aplicação é realizada em todas as comunidades de forma conjunta. Ao todo, serão cinco aplicações a cada 15 dias. São destinados 10 ml para cada 50 metros nos rios ou sangas. Eduardo destaca que o acúmulo de matéria orgânica nos locais de aplicação pode favorecer o desenvolvimento do mosquito.

A fêmea pode colocar de 500 a 600 ovos. O mosquito vive cerca de 15 dias.

Confira a entrevista completa

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Continue lendo