Faixa Atual

Título

Artista


Antônio Prado 122 anos: A religiosidade como alicerce

Escrito por em fevereiro 18, 2021

Ao trafegar pelo interior, as marcas de um povo com muitas crenças estão presentes em todas as localidades

A beleza simples do interior, onde o vento que bate sobre as árvores dá o tom de tranquilidade onde o tempo parece passar de forma diferente. Em meio às estradas, nem sempre tão fácies de serem trafegadas, pelos buracos frutos da má conservação, podemos desfrutar de momentos onde as crenças e a religiosidade nos fortalecem. Assim foi baseada a formação de um povo que construiu ao longo do tempo, seu modo de vida alicerçado em muito trabalho. As promessas e graças alcançadas eram uma das justificativas para a construção dos famosos capitéis e as igrejas, com seus traços e detalhes.

Pelo interior, são mais de 40 capitéis que trazem nos seus traços a fé de um povo. Em projeto de 2015, o historiador e pesquisador Fernando Roveda desenvolveu um trabalho de conscientização e preservação dos capitéis junto aos estudantes de Antônio Prado. O projeto “Nosso patrimônio, nossa história” contemplava kits dos capitéis para recortar, pintar e colar.

A reportagem da Rádio Solaris 97.3 percorreu algumas rotas pelo interior para entender um pouco mais dessa relação de fé existente em nosso município. Nas localidades, os momentos de fé e oração reúnem pessoas para a reza de um terço, por exemplo. Uma vez a cada mês, uma missa também ocorre em cada uma das localidades. Há relatos de antepassados que se instalaram em determinadas localidades e construíram igrejas pela sua devoção a um determinado santo ou santa, após a finalização da obra, nunca mais foram registrados grandes estragos nas plantações, provocados, por exemplo, pelo granizo.

É possível compreender que, na cultura presente em nosso município, o desenvolvimento, seja ele particular ou coletivo, está sempre ligado há uma crença, que se desenvolve de maneira a fazer com que as pessoas acreditem que os objetivos podem ser alcançados, afinal há alguém para guia-los.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *