Faixa Atual

Título

Artista


Antônio Prado 121 anos: A Ponte Korf

Escrito por em fevereiro 14, 2020

Mas eis que Caxias não aprova o local escolhido e indica o Passo Korf

Conforme o historiador Benito José Fattori, em 1900 surgiu um movimento em prol da construção de uma ponte no Passo do Simão.

O Governo do Estado atende aos pedidos e autoriza a construção de uma ponte metálica sobre o rio das Antas.

Mas eis que Caxias não aprova o local escolhido e indica o Passo Korf, por ser de maior trânsito, no entender da Associação dos Comerciantes. E a tão sonhada ponte tem então a sua execução suspensa. Começou então uma luta para a transferência do local de sua instalação, Passo do Zeferino ou Passo Korf. Encomendada da Alemanha, a ponte estava em viagem e entra em ação as vozes políticas. O Coronel Avelino Paim entra em cena e o seu prestigio é a solução para o caso, conseguindo que a ponte fosse construída no Passo Korf.

Quando essa decisão foi tomada, a pesada ponte de ferro já se encontrava depositada no passo do Zeferino. O Presidente do Estado exigiu que a Associação dos Comerciantes de Caxias arcasse com as despesas de transporte para o novo local, o que foi feito.

A ponte do Passo Korf, na Estrada Rio Branco, foi inaugurada em 1907, tendo sido a primeira construída sobre o Rio das Antas.

Durante alguns anos serviu aos comerciantes e pecuaristas, ficando depois abandonada, entregue à ferrugem do tempo. Hoje serve apenas para alguns pedestres e cavaleiros dos arredores.

Informações obtidas na página oficial da Prefeitura

Pesquisa e Redação Jornalista Ronei Marcilio – Grupo Solaris de Comunicação


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *