Faixa Atual

Título

Artista


AMESNE libera nota sobre atraso na entrega da segunda dose da Coronavac

Escrito por em abril 26, 2021

O atraso se justifica devido a falta de insumos para produção da vacina Coronavac em todo o país

A Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (AMESNE) publicou nesta segunda-feira (26) nota oficial em seu site sobre o atraso na aplicação da segunda dose da vacina Coronavac em todo o estado.

Segundo a Associação o atraso é devido ao descumprimento do cronograma de entregas do laboratório do Instituto Butantã, localizado em São Paulo, devido à falta de insumos para a produção dos imunizantes, problema identificado em todo o país.

Ainda na sexta-feira (23), a secretária de saúde de Antônio Prado, Jordana Serafim, em entrevista a Rádio Solaris 97.3 comentou sobre o atraso na chegada da segunda dose da vacina em que afirmou que mesmo após a sua entrega o município não receberá a quantidade suficiente para suprir a demanda da população.

A previsão é que sejam recebidas 70 doses, que serão somadas as 80 já disponíveis na secretaria, totalizando 150 doses para a segunda aplicação. Além disso, serão recebidas mais 180 doses para a primeira aplicação em idosos a partir dos 60 anos.

Enquanto as doses da Coronavac não forem enviadas aos municípios as pessoas que já receberam a primeira dose deste imunizante não podem receber a próxima dose de outras fabricantes tendo que aguardar a sua chegada.

Diante desta situação a AMESNE se compromete a pressionar as autoridades sanitárias do Estado e do Ministério da Saúde para que as entregas sejam retomadas e o planejamento previsto seja cumprido.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Taís Vargas com informações da AMESNE


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *