Faixa Atual

Título

Artista


Alagamentos causam demanda para a Secretaria de Obras em Caxias do Sul

Escrito por em março 24, 2022

Um dos principais problemas foi o transbordamento do Arroio Tega, gerando alagamentos na Perimetral

A chuva das últimas horas causou muitos transtornos em Caxias do Sul. Diversas ruas e avenidas ficaram alagadas, bocas de lobo entupiram e algumas árvores caíram. Equipes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) trabalham desde o início da manhã de quinta (24) no atendimento aos chamados de moradores e no monitoramento dos pontos que sofreram com represamentos de águas, responsáveis pelos alagamentos.

De acordo com a Secretaria de Obras, há pontos que sofreram transbordamentos em razão do grande volume de água nas tubulações. Outros foram prejudicados pela presença de sacos de lixo e sujeira, que obstruíram bocas de lobo. As equipes seguirão atendendo aos chamados e intervindo em causas urgentes.

Um dos principais problemas ocorreu com o transbordamento do Arroio Tega, em alguns pontos da cidade, mas de forma mais crítica junto ao Complexo do Enxutão. De acordo com o secretário interino, Jorge Catusso, o problema foi causado pela saturação da capacidade de fluxo de água no arroio. “Com a chuva intensa, alguns canais, como o Tega, chegaram ao seu limite, provocando alguns acúmulos de água em vias públicas e ocasionando transtornos para moradores próximos e motoristas. De forma contínua, a secretaria faz o trabalho de desassoreamento e desobstrução das redes de esgoto, mas em razão do elevado volume de precipitação, em alguns pontos, a água transbordou. No início da manhã, as águas já haviam baixado, com retorno gradual da normalidade”, explicou.

Dentre os bens públicos atingidos está a Unidade Básica de Saúde Centro de Saúde, que está fechada nesta quinta-feira (24). O espaço foi alagado e a eletricidade precisou ser desligada por precaução. Por esse motivo, os pacientes estão sendo direcionados à UBS São Vicente. Para vacinação contra covid-19, a comunidade deve procurar os demais pontos que dispõem das doses.

Outro equipamento interditado, pelo menos, até a próxima uma semana, é o Ginásio Enxutão, gerenciado pela Secretaria Municipal do Esporte. Em consequência do nível elevado da água, a quadra esportiva, as salas administrativas e o bar local, dentre outros espaços, sofreram danos. Os funcionários do complexo iniciaram a limpeza pela manhã.

Fotos: Divulgação SMOSP


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *