Faixa Atual

Título

Artista


Agricultores se dizem preocupados com o preço recebido pelo leite durante a estiagem

Escrito por em maio 7, 2020

Reportagem da Rádio Solaris 97.3 visitou propriedade no interior de Ipê

A estiagem no município de Ipê já dura cerca de seis meses e o impacto econômico já pode ser calculado. São cerca de R$ 43 milhões que deixarão de circular na economia local, com perdas no milho (50%), uva (50%), soja (33%) e maçã (43%).

Porém, não apenas a estiagem traz impactos negativos. A pandemia pela Covid-19 tem reflexos principalmente na alteração de valores do leite. O custo de produção passou a aumentar a partir de junho de 2019, a partir da elevação dos valores do farelo de soja, milho, medicamentos, combustível, etc, porém o preço do produto para os agricultores não acompanhou os aumentos.

A equipe de reportagem da Rádio Solaris 97.3 esteve na propriedade de Ilce Zampieri, em Ipê. Conforme ela, são 38 animais de ordenha, “nunca teve tão pouco”, afirma Ilce. No local, são cerca de 25 hectares de milho, utilizado para a silagem. As vacas ficam semiconfinadas.

Em relação ao milho Ilce fala que “já teve anos piores” em relação a baixa produção. “Tivemos uma perda de aproximadamente 30% em todas as plantações, porém, teve agricultores com perda quase total”.

Ilce aponta que o principal problema tem sido a escassez da água. “Já são cerca de quatro meses levando água com caminhão para os animais, retirando dos açudes, que estão dando conta, até o momento”. Em relação a água para consumo, há uma fonte utilizada por cinco famílias, “tudo com equilíbrio, nada de esbanjar”, afirma Ilce. A chuva do início desta semana auxiliou no desenvolvimento do pasto de inverno que já havia sido plantado, embora também tenham ocorrido perdas.

Queda na produção de leite

Na propriedade de Ilce Zampieri, houve queda entre 20 e 25% na produção. Entre as medidas de auxílio buscadas pelo sindicato junto ao Governo do Estado, está levantar dados de notas fiscais do preço recebido pelo produtor e o valor final do produto nos supermercados. A tendência apontava para um aumento no valor pago ao produtor, no período de entressafra. Ilce comenta que a produção diária de leite na propriedade está em torno de 750 litros, onde normalmente eram produzidos cerca de mil litros.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *