Faixa Atual

Título

Artista


Adolescentes com comorbidades podem agendar vacinação contra Covid-19 em Flores da Cunha

Escrito por em julho 22, 2021

Jovens entre 12 e 17 anos podem agendar para receber a dose do imunizante a partir de segunda-feira (26)

O agendamento da vacinação dos adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades poderá ser feito a partir de segunda-feira (26), em Flores da Cunha. A vacina aprovada para esta faixa etária é da Pfizer.

O agendamento deve ser realizado pelo telefone (54) 3292-6828, das 8h às 11h30min e das 13h15min às 17h. Os jovens precisam apresentar documento com foto, atestado médico, exame ou receita do medicamento associado à comorbidade.

Confira a lista de comorbidades:
Obesidade grave
Documento comprobatório: Atestado Médico/Declaração profissional da saúde (técnico de enfermagem, médico, enfermeiro ou nutricionista) – peso e altura colocados na Curva de IMC.

Pneumopatias crônicas graves (asma, medicamentos em uso: broncodilatador de longa ação (formoterol/salmenterol) + corticoide inalatório ou uso de corticoide sistêmico (oral) contínuo ou história prévia de internação hospitalar /UTI (após os dois anos de idade) ou displasia broncopulmonar)
Documento comprobatório: Exame de espirometria e/ou receita de corticoide de uso continuo ou broncodilatador de longa duração de até 3 meses de antecedência ou alta hospitalar ou atestado médico com descrição clínica e justificativa para priorização na vacinação.

Outros imunodeprimidos (doença congênita/rara/genética/autoimune, neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento), cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas, doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores, pessoa vivendo com HIV, neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão)
Documento comprobatório: Atestado Médico ou exame comprobatório da doença.

Hemoglobinopatia grave (doença falciforme ou talassemia maior)
Documento comprobatório: Atestado médico ou hemograma e eletroforese de hemoglobina

Doença cardiovascular (cardiopatias nas quais o quadro clínico cause comprometimento sistêmico)
Documento comprobatório: Atestado médico e/ou exame de imagem ou outros exames comprobatórios.

Doença neurológica crônica (doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar ou doença cardiovascular, acidente vascular encefálico, mielite transversa, paralisia cerebral com descrição de limitações)
Documento comprobatório: Atestado médico com descrição clínica e comprometimentos.

Diabete Mellitus (Diabete Mellitus (Tipo1) e condição insulino-dependente)
Documento comprobatório: Receita de insulina e/ou dosagem de hemoglobina glicada alterada.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *