Faixa Atual

Título

Artista


Academias de Caxias do Sul reabrem nesta quarta-feira

Escrito por em abril 21, 2020

Decreto foi publicado nesta terça-feira pela prefeitura com restrições

A Prefeitura de Caxias do Sul publicou nesta terça-feira, dia 21, o Decreto nº 20.877 que regra os estabelecimentos de prestação de serviços de promoção à saúde, tais como academias, estúdios de personal trainer e de pilates, centros de treinamento funcional, de crossfit e de lutas sem contato pessoal, academias e piscinas de condomínios e de clubes e piscinas de natação. Estes serviços poderão funcionar a partir desta quarta, dia 22, com a prática de esportes individuais, desde que observadas medidas de prevenção a transmissão do coronavírus e higienização.

Entre elas estão: a capacidade máxima de ocupação dos estabelecimentos deverá se dar na proporção de um aluno para cada 16m² (área útil de treinamento); os horários deverão ser pré-agendados com duração máxima da aula de 45 minutos e intervalo de 15 minutos, evitando assim aglomerações e contato com outras pessoas; os alunos devem ficar a uma distância de 4 metros entre si; após as aulas, os equipamentos deverão ser higienizados com álcool etílico; os funcionários e alunos devem usar máscaras; deverão ser disponibilizados kits de higiene completo em sanitários para alunos e funcionários; cada aluno deve usar sua toalha; as áreas das esteiras, por exemplo, deverá ter uma distância mínima de 2 metros lateralmente e não podem estar direcionadas na direção dos alunos.

Quanto às piscinas, devem ter álcool em gel a 70% na entrada para clientes; as raias intercaladas com distanciamento mínimo de 2 metros; uso obrigatório de chinelos; suporte individual para cada toalha de banho; aula de hidroterapia e hidroginástica distância mínima de 4 metros entre os alunos; e as áreas de banho (de chuveiro) serão isoladas, os alunos não terão acesso a elas.

As cantinas das academias obedecem a mesma regra de restaurantes e lanchonetes com redução de 50% de suas áreas e distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas. Ficam vedadas atividades que tenham contato físico como lutas, atividades de alongamento e afins e a utilização de bebedouros de uso comum. Os alunos com alguma doença como cardiopatias, arritmias, hipertensão, renais crônicos entre outras não poderão ser atendidos, da mesma forma que idosos e gestantes, considerados grupo de risco ao coronavírus.

Os demais devem fazer uma declaração a ser mantida no estabelecimento atestando não ter nenhum tipo de doença citada e nem pertencer ao grupo de risco. Caso algum aluno seja suspeito ou confirmado com a covid-19, funcionários que tiveram contato devem ser afastados imediatamente pelo prazo mínimo de 14 dias das suas atividades.

As medidas são aplicadas para pessoas entre 16 e 59 anos e o descumprimento será comunicado aos órgãos reguladores dessas atividades.

Máscaras

O Gabinete de Crise da prefeitura de Caxias do Sul estuda medida de uso obrigatório de máscara por toda a comunidade a partir da próxima semana. Os últimos decretos municipais já obrigam a proteção para funcionários e clientes de estabelecimentos comerciais, supermercados, farmácias, restaurantes. Também na indústria, as máscaras estão sendo usadas por todos colaboradores de uma forma consciente.

O Vice-prefeito e secretário do Planejamento, Edio Elói Frizzo ressalta que a Prefeitura intensificou nas últimas semanas a campanha do uso de máscara pela população devido às flexibilizações. “Há estudos que a máscara reduz em mais de 50% o contágio do coronavírus, que é pelas secreções. Temos em nosso site o passo a passo como fazer a máscara de pano, com molde e vídeo explicativo. Estamos com campanha de arrecadação de tecidos, para o Banco do Vestuário confeccionar. Acreditamos que podemos exigir a utilização da máscara por todos, inclusive no transporte coletivo, e quem vai nos ajudar a fiscalizar é a própria comunidade”, explica.

A campanha do uso de máscara também abrange o serviço público municipal. No Centro Administrativo só pode entrar com o uso da proteção, mesmo com o agendamento do atendimento. “Focamos, no primeiro momento, na proteção aos servidores da área da saúde. Agora estamos comprando os EPIs para os demais servidores que ainda não possuem, porque já estamos com 50% deles de volta ao trabalho”, informa Frizzo.

Foto: Divulgação

Fonte: Ass.Imprensa Prefeit.

Academias estavam fechadas por causa do coronavírus há cerca de um mês

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *