Faixa Atual

Título

Artista


“A situação é grave”, diz vice-presidente da Famurs sobre a Covid-19 no Rio Grande do Sul

Escrito por em junho 24, 2020

Maneco Hassen foi entrevistado no programa “Na Medida”, da Rádio Solaris 97.3

Em contato com a Rádio Solaris 97.3 nesta quarta-feira (24), o vice-presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Maneco Hassen, alertou que a situação da pandemia no Estado ainda é grave. Nos últimos 15 dias, houve diversas alterações nas cores das bandeiras em regiões definidas pelo modelo de Distanciamento Controlado. Na mais recente atualização, realizada na segunda-feira (22), quatro regiões permanecem em bandeira vermelha, Porto Alegre, Canos, Novo Hamburgo e Capão da Canoa, totalizando 81 municípios.

As mudanças no Modelo, como a possibilidade de revisão da bandeira às segundas-feiras, além de municípios em bandeira vermelha que não registram óbitos e internações nos últimos 14 dias, são avaliadas como fundamentais para dar transparência ao modelo adotado, levando em conta as realidades de cada cidade. Porém, Maneco diz que há, por parte da Famurs, uma preocupação que a quantidade de ajustes possa acabar gerando muitas dúvidas.

A relação entre prefeitos e o Governador Eduardo Leite tem sido de algumas insatisfações, especialmente nos municípios onde há maiores restrições, que acabam tendo reflexo na economia local, já bastante afetada devido a perdas na arrecadação.

A Famurs trabalha junto à bancada gaúcha em Brasília tentando viabilizar um auxílio maior por parte do governo federal aos municípios, visando repor as perdas.

Na área da educação, Maneco fala que ainda não existe previsão para retorno das atividades presenciais – se previa retorno em 15 de julho.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *