Faixa Atual

Título

Artista


‘A gente precisa fazer com que a nossa voz seja ouvida’, diz idealizadora do ‘Me Escuta’

Escrito por em março 26, 2021

O projeto criado por Maria Eduarda Fortuna, visa dar voz às mulheres e fazer com que elas percam o medo de conquistar seu espaço

Você mulher com certeza já passou por alguma situação que lhe deixou constrangida ou que sua capacidade para realizar determinados serviços foram colocados à prova por outras pessoas, na maioria das vezes, por homens. Por isso, o projeto social ‘Me Escuta’ foi criado pensando em inspirar cada vez mais mulheres a não ter medo de realizar e sair da zona de conforto ou de ‘desconforto’. 

Em conversa com a reportagem da Rádio Solaris FM 99.1, no programa Melhor da Tarde, Maria Eduarda Fortuna falou sobre o projeto que é realizado especialmente para mulheres. A Diretora da Enquadra, empresa produtora de vídeos, ressaltou: “Em 2017 começamos o projeto para todo o ano trazermos uma fala que tenha impacto na vida das mulheres. De alguma forma conseguir gerar valor na vida dessas mulheres”. 

Neste ano, o ‘Me Escuta’ será um evento online com palestras com Maria Eduarda Fortuna, Alexandra Zanela, Dirlene Silva e Miriã Antunes para ajudar e inspirar as mulheres a superar os medos. As participantes terão exposição de novas ferramentas para entrar no mundo do empreendedorismo e fazer a diferença. O evento ocorrerá no sábado (27), das 9h30min até às 12h, com inscrições gratuitas através do link

Proprietária de uma empresa composta 90% por mulheres, Fortuna frisou: “Quando a gente une forças, a gente é mais forte. Juntas podemos sim ocupar nossos espaços e ter mais respeito no mercado de trabalho. É por essas questões que a gente luta”. Ela ainda salientou: “A gente precisa fazer com que a nossa voz seja ouvida”.

Com a evolução e a ampliação dos negócios de forma digital, o projeto de 2021, visa mostrar que os negócios podem ter um alcance muito maior com o posicionamento digital. Segundo a Diretora da Enquadra, se o produto for vendido pela internet, ele pode atingir outros públicos de diversos lugares e não apenas de suas convivências. 

Empreender, segundo Maria Eduarda, não é apenas ter um negócio próprio e sim conquistar seu espaço e realizar diferentes ações dentro do local de trabalho. O projeto tem o objetivo de fazer as mulheres perderem o medo de dar o primeiro passo e ir testando e melhorando cada vez mais. Ela finalizou com a fala: “Fazer as mulheres ficarem com vontade de colocar a mão na massa”.

Confira a entrevista na íntegra:

Entrevista Maria Eduarda Fortuna Sobre O ‘Me Escuta’ – Melhor Da Tarde


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *