Faixa Atual

Título

Artista


10 curiosidades sobre o Emmy

Escrito por em setembro 21, 2019

O que você sabe sobre o “Oscar da TV”?

Foto: Internet

A origem do nome
Quando a Academia de Artes e Ciências televisivas estava tentando decidir um nome para a premiação recém-criada, em 1940, uma das sugestões (dada por Henry Lubcke) era de nomeá-lo como “Immy”, uma referência a um termo informal pelo qual é conhecido um tubo presente em muitos aparelhos televisores nos Estados Unidos por volta de meados do século. O grupo decidiu adaptar o termo para o feminino, para que o nome coincidisse com a estátua da premiação — e assim nasceu o Emmy.

A primeira vez
A primeira cerimônia do Emmy Awards aconteceu em 1949, e ao contrário das atuais, foi bastante curta. Apenas seis prêmios foram entregues naquela noite. Entre eles estavam os de “melhor personalidade da TV” , “melhor telefilme” , e “programa de TV mais popular”.

SNL x GOT
O programa com o maior número de indicações de todos os tempos do Emmy é Saturday Night Live. Contando com as indicações da 71ª edição do prêmio, a de 2019, são ao todo 270 menções. 

Recordistas
Apesar de o Emmy Awards existir desde 1949, os canais a cabo só puderam concorrer a partir de 1988. Desde então, a HBO tornou-se uma referência na premiação. Em 2019, bateu o recorde de emissora com mais indicações em um único ano (137). A emissora com mais vitórias em um único ano, no entanto, é a CBS, que levou 44 prêmios em 1974.

Emmy na Casa Branca
Até hoje, a única Primeira Dama a ter uma vitória no Emmy é Jackie Kennedy. Ela recebeu um prêmio especial por sua tour guiada pela Casa Branca em 1962. No entanto, recentemente Michelle Obama também teve uma indicação, em 2015, por um segmento no programa Billy on the Street.

Seguindo a moda
Neste ano, o Emmy vai seguir a moda lançada no Oscar 2019 e fazer uma cerimônia sem apresentador. E. Segundo o CEO da Fox, Charlie Collier (que exibe a cerimônia neste ano), a decisão visa um “melhor uso do tempo”, para a despedida de séries como Game of Thrones, Veep e The Big Bang Theory.

Julia Louis-Dreyfus
A Selina Meyer vivida por Julia Louis-Dreyfus em Veep fez da atriz uma recordista histórica do Emmy. Ela já levou o troféu de melhor atriz em série de comédia pelo mesmo papel seis vezes, de 2012 a 2017. Caso ela ganhe o troféu este ano, ela supera Cloris Leachman e se torna a pessoa com mais vitórias em categorias de atuação, com 9 no total.

Demorou
Em 2015, Viola Davis venceu o prêmio de melhor atriz em série de drama por How to Get Away with Murder. Ela foi a primeira mulher negra de qualquer nacionalidade a vencer o prêmio. Na categoria de melhor atriz em série de comédia, Isabel Sanford foi a primeira mulher negra premiada, em 1981, pela série The Jeffersons.

Cadê o RG?
Neste ano, o ator Asante Blackk, de Olhos que Condenam, é um dos mais novos indicados da premiação, com 17 anos. Mas desde 1949, apenas 12 atores ou atrizes com 18 anos ou menos foram indicados, e dois ganharam: Roxana Zal levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante em série limitada ou telefilme em 1984, aos 14 anos, por Something About Amelia. Já Kristy McNichol venceu o prêmio de melhor atriz coadjuvante em série de drama em 1977, aos 15 anos, por Family; posteriormente, ganhou novamente (aos 17 anos) pelo mesmo papel, dois anos depois.

Injustiçadas
Apesar de serem favoritas do público e unanimidade da crítica, há algumas séries que nunca venceram um prêmio sequer no Emmy e terminaram suas jornadas de mãos vazias: Star Trek, The Wire, Sons of Anarchy, Bates Motel, Parks and Recreation e Veronica Mars.

Fonte: AdoroCinema


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *