Rádio Solaris

Programa: CHÃO SULINO

Comunicador: Luis Alberto Perotoni

NO AR

até às 15:00

MEC eleva limite de empenho e libera mais verbas para universidades

12/08/2017 08:35

Nos últimos meses, diversas universidades federais vêm relatando dificuldades financeiras

O Ministério da Educação (MEC) anunciou hoje (11) um aumento de cinco pontos percentuais no limite de empenho para custeio e investimento de todas as universidades e institutos federais. Assim, o limite do custeio, utilizado para a manutenção das instituições de ensino, passou de 70% para 75% e o limite de capital, usado para adquirir equipamentos e fazer investimentos, foi de 40% para 45%.

Para garantir o aumento, o MEC liberou R$ 450 milhões para universidades e institutos federais, elevando o total disponibilizado este ano para R$ 4,8 bilhões.

O aumento foi anunciado pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, em reunião com a nova diretoria da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes). Segundo o ministro, a meta do governo é concluir o ano com a liberação de 100% do limite de custeio, como ocorreu no ano passado.

Para 2017, o limite de empenho previsto inicialmente para as universidades é de 85% do valor previsto para despesas de custeio e de 60% para despesas de capital. No entanto, o MEC diz que está trabalhando para aumentar esse limite, assim como fez em 2016, quando, mesmo após o bloqueio [de verbas] feito pelo governo anterior, conseguiu liberar 100% de custeio para as universidades.

Nos últimos meses, diversas universidades federais vêm relatando dificuldades financeiras, especialmente com despesas de custeio.


Recursos

Do total de R$ 450 milhões liberados, as universidades federais receberão R$ 254,94 milhões para custeio e R$ 57,11 milhões para investimentos, somando R$ 312 milhões. Já os centros federais de educação tecnológica, o Colégio Pedro II e os institutos federais terão R$ 110 milhões para custeio e R$ 28 milhões para investimento, perfazendo R$ 138 milhões.

Os hospitais de ensino, por sua vez, receberão adicional ao limite de empenho no valor de R$ 897 mil para custeio e R$ 8,32 milhões para investimento, totalizando R$ 9,21 milhões.

O Instituto Nacional de Surdos, o Instituto Benjamin Constant e a Fundação Joaquim Nabuco terão limite de empenho adicional de R$ 3,83 milhões para custeio e R$ 535,7 mil para investimento, alcançando R$ 4,37 milhões no total.

Fonte: Agência Brasil

Brasil MEC Educação recursos

 

Comente esta notícia:

 

21/07/2016 10:15

Projeto 'Educação para o Trânsito' movimenta escolas públicas de Flores da Cunha

O programa teve início em 2013, e este ano atende 302 crianças das escolas municipais e estaduais

14/09/2016 11:43

Educação avança em Flores da Cunha com aumento do Ideb

O índice florense obteve a melhor pontuação desde 2005

14/10/2016 11:09

Duas palestras gratuitas são oferecidas aos florenses na próxima segunda

Educação e Ética e Câncer Infantil são os temas dos encontros que acontecem no salão paroquial e Espaço Cultural São José

AS MELHORES RECEITAS COM CARINHO ESPECIAL. ACESSE:

NOS ENCONTRE NAS REDES SOCIAIS:

;

Avenida Valdomiro Bocchese, 872 . CEP 95250-000, Antônio Prado . RS . Freqüência: 1110 KHz . Potência: 1/0,25 KW

Fone: 54.3293.1110 | Fax: 54.3293.1733 | E-mail: radiosolaris@radiosolaris.com.br

 

Avenida 25 de Julho, 1470 Sala 44 . CEP 95270-000, Flores da Cunha . RS . Freqüência: 89,7 KHz

Fone Geral: 54.3292.5747 | Fone Ouvinte: 54.3292.5758 | Email: radiosolaris897@gmail.com

Voope