Rádio Solaris

Programa:

Comunicador:

NO AR

até às

Polícia acredita que tiroteio foi cuidadosamente planejado

14/03/2019 08:22

Quebra-cabeça da tragédia está em fase de montagem

A tragédia que chocou o país na quarta-feira (13) e transformou a Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, a 57 quilômetros de São Paulo, em um cenário de guerra é um quebra-cabeça em fase de montagem. O tiroteio promovido por dois jovens provocou dez mortes e deixou 11 feridos. A Polícia Civil busca compreender o crime e já sabe que houve um plano meticulosamente organizado.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, disse que policiais coletam depoimentos e provas. Segundo ele, é possível confirmar alguns detalhes sobre o que ocorreu antes e durante do massacre no colégio.

No começo da manhã, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, foram à locadora de Jorge Antonio Moraes, de 51 anos. Lá, eles atiraram contra Jorge, que era tio de Guilherme, e deixaram o local em um carro Chevrolet Onix branco roubado e seguiram para o colégio.

Como ex-aluno da escola estadual, Guilherme pediu para entrar no colégio, por volta das 9h40, e foi autorizado. Era o horário de intervalo das aulas, muitos estudantes lanchavam e vários estavam fora das classes. Não se sabe em que momento Guilherme colocou a máscara para não ser reconhecido, mas a primeira pessoa atingida foi a coordenadora Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59 anos, depois Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos, funcionária do colégio. Os dois atiradores estavam juntos logo na entrada.

A polícia foi acionada por causa do assalto à locadora de veículos e chegou à escola em oito minutos. Ao serem surpreendidos pelos policiais, os dois jovens estavam preparados para entrar em uma sala lotada de alunos. Neste momento, segundo o secretário, um jovem atirou no outro e depois suicidou-se.

Fonte: Agência Brasil

Tiroteio em Suzano investigação Atiradores

 

Comente esta notícia:

 

12/04/2017 08:57

STF vai investigar 8 ministros, 24 senadores e 42 deputados citados em delações

Deputados federais do Rio Grande do Sul estão na lista dos investigados

17/04/2017 08:49

Oito ministros serão investigados por terem recebido quase R$ 50 milhões

Todos foram citados como envolvidos no esquema de corrupção investigado pela Lava Jato

31/05/2017 08:23

Fachin separa investigação sobre Temer e Aécio Neves no STF

Todos os acusados passaram a ser investigados no mesmo processo no STF

AS MELHORES RECEITAS COM CARINHO ESPECIAL. ACESSE:

NOS ENCONTRE NAS REDES SOCIAIS:

;

Avenida Valdomiro Bocchese, 872 . CEP 95250-000, Antônio Prado . RS . Freqüência: 1110 KHz . Potência: 1/0,25 KW

Fone: 54.3293.1110 | Fax: 54.3293.1733 | E-mail: radiosolaris@radiosolaris.com.br

 

Avenida 25 de Julho, 1470 Sala 44 . CEP 95270-000, Flores da Cunha . RS . Freqüência: 89,7 KHz

Fone Geral: 54.3292.5747 | Fone Ouvinte: 54.3292.5758 | Email: radiosolaris897@gmail.com

Voope